Escolha o colchão certo pra você

08/10/2015

Saber se sua cama é de solteiro ou de casal já não é suficiente para escolher o tipo de colchão que vai usar. Aliás, está bem longe disso. Hoje existe uma variedade de colchões e a escolha do produto certo pode ser a diferença entre dormir e dormir bem.

 Além do tamanho do colchão, que deve ser o mesmo da cama (solteiro, solteiro king, casal, queen, king, super king), o tipo do colchão também deve ser avaliado na hora da compra. Para te ajudar a escolher o tipo certo  para o seu peso e seu conforto, listamos abaixo alguns  mais comuns.

 MOLAS ENSACADAS

Para pessoas com sono leve, a mola ensacada é uma solução para não acordar com movimentos de outra pessoa na cama. Como as molas são individuais, se alguém se mexer ou sentar na cama, a outra pessoa não sentirá.

 MOLAS BONNEL

São molas interligadas e flexíveis, que se adaptam a todo tipo de corpo. Costuma ser um tipo de colchão mais barato do que as molas ensacadas, por ser muito mais sensível a movimento.

 SUPERLASTIC, LFK, MIRACOIL

São tipos de molas mais firmes e resistentes, que suportam mais peso e tem maior durabilidade, sendo consequentemente mais caras.

 ESPUMA

A espuma é tão importante quanto o tipo de mola do colchão, quando se trata de conforto. Quanto maior a densidade da espuma, melhor qualidade e durabilidade do colchão. A tabela abaixo, feita pelo Instituto Nacional de Estudos do Repouso (INER):

 

 

 Um tipo de espuma que ficou bastante conhecido em travesseiros desenvolvidos para a NASA é a Visco Elástica (ou espuma de memória). Ela se adapta ao corpo, evitando pressões e desconforto e também reduz a sensibilidade ao movimento.

 Os colchões feitos apenas de espuma (sem molas) são geralmente mais baratos e possuem uma durabilidade menor, não sendo indicados a algumas pessoas, dependendo do seu peso e necessidades de conforto.

 A melhor dica para quem vai comprar colchão é: não tenha vergonha. Vá até as lojas, deite, sente, pule, aperte, teste o máximo possível, sem pressa. Se puder, deite junto com alguém pra testar o movimento que a cama faz com outra pessoa se mexendo nela. Veja se o seu corpo se adapta àquele material e pergunte tudo sobre a estrutura, lembrando das dicas acima.

 

Gostou das dicas? Siga a Módena no FACEBOOK e no TWITTER e fique atualizado!

 

Voltar ao Blog

Entre em contato conosco

Escolha a forma de preferência e entre em contato com a gente