Apartamentos compactos – tendência no mercado imobiliário

10/02/2015

Microapês já são comuns em cidades como Paris e Tóquio. A moda estourou há alguns anos em Nova York e tem se espalhado pelos Estados Unidos. Por lá fazem muito sucesso e já existem até concursos de decoração de apês pequenos, com ideias para aproveitar melhor o espaço. Essa tendência está chegando à capital paulista. A procura por imóveis compactos é crescente no mercado imobiliário e se configuram uma ótima alternativa para os próximos anos. Essa tendência é reflexo das recentes mudanças na estrutura familiar e nos hábitos dos paulistanos, além da crescente preocupação com a mobilidade urbana. Com a essa reestruturação das famílias, os imóveis compactos tem sido uma opção interessante para várias pessoas, sendo ideal para jovens, solteiros e idosos e, até mesmo recém-casados. A valorização desses imóveis acontece por uma série de fatores. Esse perfil de empreendimento se destaca por atender as necessidades dos usuários, ofertando um espaço sob medida para os moradores. Está acontecendo uma mudança de mentalidade do público jovem que não quer depender de empregada, que anda de bicicleta, que prefere morar perto do trabalho e não pegar transito. A versatilidade dos imóveis pequenos não para por aí. É imprescindível mencionar a importância de analisar o aspecto econômico para entender o atual mercado imobiliário. A utilização dos recursos da cidade, como água e luz, têm se tornado cada vez mais escassa, assim como os espaços para a construção dos prédios. Além disso, também existe a questão da grande concorrência em que a sociedade vive. Isso acaba levando as pessoas ao individualismo e, consequentemente, à convivência em apartamentos menores. Assim, a cidade cresce e os apartamentos diminuem, e por causa da metragem o preço final fica menor para o consumidor. Esses empreendimentos também se destacam pela localização, já que pelo menos a maioria ocupa terrenos em bairros valorizados e próximos a serviços diversos, centros comerciais, academias, restaurantes, shoppings, supermercados, entre outros. Outro ponto importante é que os imóveis compactos também configuram um negócio para os investidores, já que muitos investidores compram imóveis desse tipo para alugar depois.

Voltar ao Blog

Entre em contato conosco

Escolha a forma de preferência e entre em contato com a gente